Eu Crítico

Minha opinião! Filmes, livros, exposições, peças, etc.

5 Idéias para o Século XXI

leave a comment »

Esta é uma visão absolutamente pessoal de um futuro possível para a humanidade ainda durante este século.
Esta visão se baseia na mistura de algumas idéias surgidas no contato com autores de ficção científica e de fantasia unidas às muitas informações que encontro sobre pesquisas reais já em curso.

1. Revalorização do corpo, da memória e dos trabalhos manuais
Em um movimento de oposição à crescente cultura protética que inclui desde o Google (como ampliador e organizador de memórias) até os avanços em robótica, existe também um movimento de artistas que propõe a volta da valorização dos trabalhos manuais, do contato com o próprio corpo (body-art, etc).
Ao invés de serem opostas a meu ver as duas coisas se complementam: a ampliação das capacidades biológicas através da tecnologia expõe os limites do corpo. Isso traz de volta os questionamentos sobre os potenciais naturais do corpo e estimula os artistas a retrocederem para estas questões.
Uma questão alimenta a outra e esses dois pólos de questionamento seguem juntos.

2. Fim do lixo
Não existe lixo na natureza. A idéia de lixo nasceu com a civilização urbana e se expandiu principalmente a partir do capitalismo industrial. Assim como surgiu pela voracidade capitalista o lixo será superado por uma cultura da reciclagem total.
Conforme a consciência ecológica se expandir a própria sociedade se encarregará se corrigir este erro que foi a existência do lixo durante o século XX.

3. Invenção da antigravidade
Com a invenção de uma nova substância mais eficiente do que o gás hélio, a antigravidade irá mudar novamente a cara das cidades com a libertação das construções do peso que definiu seus limites até hoje.
O tão previsto carro voador finalmente virá a partir da união desta invenção com motores eletroeletrônicos sem bateria (e mais leves por isso) funcionando com energia sem fio.

4. Desenvolvimemto e aplicação prática de tecnologias alquímicas de criação de matéria a partir “do nada”
(http://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/2012/09/reacao-quimica-cria-monstro-em-laboratorio.html)
As pesquisas em nanotecnologia e em micromódulos programáveis (por exemplo: http://www.cs.cmu.edu/~claytronics/ ) irão criar um mundo onde os objetos surgirão aparentemente do nada. Os ambientes e móveis serão configuráveis de modo quase instantâneo conforme o desejo e as ncessidades dos usuários.

5. Substituição do dinheiro pela energia
Trabalho é energia aplicada. O dinheiro surgiu como um símbolo do trabalho humano mas acabou por se tornar o seu algoz.
Com o surgimento de tecnologias limpas e eficientes de geração de energia a partir do sol, do vento, dos movimentos das ondas e do corpo a geração de energia se tornará simples e largamente difundida.
As tecnologias de difusão sem fio e o surgimento de uma web da energia, facilmente alimentada pelo público com lógica semelhante à da internet de informação, criarão uma rede energética que irá substituir a necessidade da existência de dinheiro.
A capacidade individual de geração de energia será o novo padrão econômico do mundo.

Esse post possivelmente será incrementado nos próximos dias com links e outras digressões partindo dos pontos citados.

Esse delírio utópico extremamente pessoal acima descrito parte da idéia de que existem a capacidade e a vontade criativas para melhorar o mundo em que vivemos.

Resta saber se as forças econômicas dominantes e a ignorância massificada dispersa no mundo vão deixar isso acontecer a tempo.

Boa sorte pra nós.

Publicidade

Written by interaubis

outubro 1, 2012 às 2:04 pm

Publicado em ideia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: